Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Memória Corporal [2]

Finges dormir pesado e solto
Mas não queres, não consegues
Travesseiros ocultam as íris de mel

E me espreitas por entre os cílios
Bem sei que aspiras meu cheiro
Enquanto contornos na penumbra mapeias

Quando me deito te acordas inteiro
Respiras suave na minha nuca. Arrepio.
A teu rosto ensino as doçuras do beijo

E à tua boca revelo acordes de sereias
Afogando-te em mares de ternura e desejo
Sabes-me capaz de tirar-te o sossego

Cobrindo-te enfim com um amor verdadeiro
Aquele que reúne valores primordiais
Na serenidade dos sábios, a ânsia de animais,

E essa Paz que sentes é tão plena e extensa ...

Que te desperta medos.
Parecem reais.
De natureza abstrata.
Mas de tremores abissais.

Te afirmo. Não há motivos.
Encontros de almas acontecem assim.
Um frio profundo nos jardins internos.
Esqueça Helsink na pele sem invernos.
Te aquieta. E aceita o que não tem fim.
Depois te aqueças de vez.
Em mim...


Claudia Gadini
11/02/05
Claudia Gadini
Enviado por Claudia Gadini em 11/02/2006
Reeditado em 17/02/2006
Código do texto: T110385

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudias Gadini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Gadini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
318 textos (54197 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:13)
Claudia Gadini