Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adan e Bruna(História de Amor)

Adan estava triste,
Seu vizinho,melhor amigo,
Acabava de mudar.

Foi então começou,
Seu vizinho novo chegou.

Logo,viu e descobriu,
Uma menina baixinha,tinha sua idade,
Não gostava de estudar.

Dias depois,
Começaram  a conversar.
Surgiu uma nova amizade,
Todos vão falar!

Seu nome é Bruna.
Na mesma escola irão estudar.

Adan e Bruna,
Começaram a se conhecer,
Descobriram não tinham nada a ver.
Adan vivia estudando.
"Quero passar na prova do colégio Militar"

Bruna andava com amigas,
Sempre bem arrumada.
Ficava com meninos.
"Ainda é cedo pra casar!"

Adan e Bruna,
Começaram a sair,
Andavam juntos por ai.
Quando Bruna pegou na mão de Adan.
Garoto ficou assustado.
"Nunca fui beijado!"
Adan saiu desesperado.

Adan e Bruna não se viam mais.
Em casa Adan ficou trancado,
Saía apenas para estudar.

Bruna resolveu namorar,
Com ciúmes Adan ficou.
"Bruna,abraçado com outro carinha,
na minha frente assim da!"

Adan descobriu amor em seu coração,
Jogou livros no chão.
Uma faca de cozinha pegou,
da sua janela atirou,
nas costas do carinha acertou
Bruna não acreditou.

"Adan,seu FDP!Meu amor você matou!"
Bruna começou a chorar,em depressão ficou.
Adan procurado por todos os lados
Um homem ele matou.

"Bruna,matei foi por amor,
não podia ver abraçada com outro.
Te amo tanto,descobri agora pouco"

"Adan,some daqui!A polícia vai te pegar,
na prisão você vai apanhar"
"Bruna,não to nem ai,só quero o seu amor!"
"Adan pode vir!essa noite serei sua!"

Na manhã seguinte,a polícia chegou.
Na cama com Bruna,Adan foi preso.
Adan foi para cadeia. Bruna ia visitá-lo!

"Bruna,meu amor,
Espere-me por favor,
quando sair daqui com você quero casar!"

Dez anos depois,Adan foi libertado.
Correu atrás de Bruna para se casar.
Quando chegou em sua casa,
Ficou traumatizado.
Melhor amigo voltou,
na cama com Bruna pegou.

"Roberto,desgraçado,vou te matar!"
"Adan,calma,não precisa se acabar"
"Não quero nem saber".Adan matou sem dor.

"Bruna,cachorra safada.
Jamais te perdoarei!"
"Adan,assassino,
pra polícia vou contar!"

"Bruna,sinto muito,mas acho que não vai dar.
Por causa disso,terei que te matar"
Adan matou Bruna,
sem piedade alguma.

Depois arrependeu,
Seu amor morreu!
Sua vida acabou.
Não adianta estudar.
Emprego não vai arrumar.
Não adianta chorar.
Viver assim não da.
Jeito é se matar!

Adan tentou se enforcar,
não conseguiu se matar!

Deus então lhe falou:
"Adan,diabo te dominou!"
Foi aí que se suicidou.

Pegou a faca,
no coração colocou.

"O amor me matou!"
Essa frase,Adan deixou:
"Tomem cuidado meus amigos,
amor é doença,
vai dominando devagar,
para matar no final!"
 

Leia a carta "Dificuldades Minha".
FARINHA
Enviado por FARINHA em 11/02/2006
Reeditado em 21/05/2006
Código do texto: T110683

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (andré Farinha email andrefarinha-bp@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
FARINHA
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 27 anos
72 textos (3677 leituras)
1 e-livros (11 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:20)
FARINHA