Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O pulsar das tensões...

O pulsar das tensões
Bate aos olhos
Seja época ou vida
Não é desesperança
Apesar da pouca
Esperança
Bate, bate, intermitente,
Tal qual o frio
A chuva fina de uma tarde de inverno
Pode não ser grande
Mas causa preocupação
Dor no peito
Velho & sofrido
Quer o Sol
Dias alegres
Não só de subterfúgios
Mas pontos positivos
Para tornar a caminhar
E rebatê-los.

Medo de Amar - 1984
Peixão
Enviado por Peixão em 13/04/2005
Reeditado em 03/09/2009
Código do texto: T11115
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:18)
Peixão