Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Renascimento

Eu descansava sob o úmido
Sentia o cheiro forte do lodo
À sombra, deitava estagnado
Enchia-me de paz o corpo todo.

A calmaria plena me invadia
O vinho esquentava o peito
O cheiro de morte ali ardia
Eu queria viver ali daquele jeito.

As lembranças árduas de um tempo
Em que eu não sabia do fim
Angustiava e chorava por dentro
De um jeito que era dor, sim.

E a dor que era prazer e viciava
Como por sangue também se vicia
Era agora paz, junto à lua
Que, junto comigo, renascia!
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 13/04/2005
Código do texto: T11118

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30820 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:48)
Júnior Leal