Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VARIAÇÕES SOBRE UMA NOITE DE INSÔNIA

1.
Meus demônios surgem sempre à noite,
implacáveis cobradores de meus atos...
E me debruço no tempo,
clamando pelo instante que deixei fugir...

2.
A noite é um sepulcro aberto
a libertar fantasmas...
A boca cala o grito em minha alma
e tento em vão exorcizar lembranças!

3.
Foi longa a noite do meu pesadelo!
Amarga noite em que velei um sonho.
Longa e amarga noite, quando a música calou
e o derradeiro poema morreu em minha boca.  
Ligia Lacerda
Enviado por Ligia Lacerda em 13/02/2006
Reeditado em 06/11/2007
Código do texto: T111380
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ligia Lacerda
Tramandaí - Rio Grande do Sul - Brasil, 75 anos
71 textos (2386 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:38)
Ligia Lacerda