Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TORTURA

Será que, qté de nuite, tu me chamas?
Será que não te bastam os meus dias?
Até as noites, me queres tomar?

Deixa comigo a solidão da noite!
Porque, com tua voz, vens perturbá-la?
Porque vens abrasar meu coração?

Não vês que me inquietam, todo o dia,
os tormentos que causa o teu olhar?

Porque não dás descanso ao teu escravo?
Nem à noite me deixas repousar?

Obrigado, querida! Eu deixo a noite!
E me deito a teus pés!...
Julio Sayão
Enviado por Julio Sayão em 13/02/2006
Código do texto: T111387
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Sayão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 93 anos
65 textos (39436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:29)
Julio Sayão