Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma Lavada

Nem o mar suporta
As muitas águas
Que das janelas da alma
Brotam.

Talvez, por isso,
Tantos dizem ter
A alma lavada
Quando choram.

14 de fevereiro de 2006
Teco Sodré
Enviado por Teco Sodré em 14/02/2006
Reeditado em 14/02/2006
Código do texto: T111726

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Teco Sodré
Salvador - Bahia - Brasil, 38 anos
274 textos (12539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:40)
Teco Sodré