Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEUS SONHOS

És como nuvens na tarde serena,
sempre a flutuar no céu do meu sonho.
Rosso criar-te e posso modelar-te,
pelos caprichos do meu coração!...

Porque és minha, inteiramente minha,
quando habitas meus sonhos infinitos!...

Teus pés são orvalhados pela glória
dos meus desejos, no fundo da noite...
Teus lábios são amargos ou são doces,
pelos caprichos da minha paixão...

Porque és minha, inteiramente minha,
quando habitas meus sonhos solitários!...

O teua olhos se tornam sombreados
pela alucinação do meu olhar!...
Eu te envolvo, te prendo em minhas malhas,
pelos caprichos da minha canção!...

Porque és minha, inteiramente minha,
quando habitas meus sonhos imortais!...
Julio Sayão
Enviado por Julio Sayão em 16/02/2006
Código do texto: T112548
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Sayão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 93 anos
65 textos (39427 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:34)
Julio Sayão