Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Faca Afiada

Continua afiada a faca
mesmo com estranhos remédios
os que acalmam e tornam médio
o tiro descontente
a bala perdida
o ácido medo
e o trépido frangalho nervo
ser o quanto quer
timido amigo
ou poderoso e suado
apaixonado
conquanto que cante comigo
novas ou velhas canções

Melhor que pedir arrego
e carregar segredos da paixão
que roubou do tempo
é fazer tempero
porque comida temperada é boa
melhor que a seca e crua

Nosso churrasco sempre foi ao ponto
muito sal
é verdade demais para engolir


Sylvio Neto
Enviado por Sylvio Neto em 14/04/2005
Código do texto: T11273
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sylvio Neto
Belford Roxo - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
73 textos (11986 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:26)
Sylvio Neto