Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sons, Volumes & Periferias!

Zona do atabaque, galera & vegetal...
Pixel destruído, programa falido...
Zorra na ponte que vai cair
Megafones na lata, chave avulsa...
Moleques brincando com a morte
Dando vaza na droga normal
Mal sabendo o que falar & escrever
Pichando na fita, pires escrotal...
Sobrando serviço pela rua
Passa fio, entradas & saídas, clic!
Lá atrás, já foi parte do assunto...
Vergonha de Pai, tristeza de Mãe...
Razões invertidas, feros & lascivos!
Gravidez precoce na linha do trem
Achando que são bem descolados
Vícios encaminhando para velhos túmulos
A verdade é mais dura que a realidade
Entropia com novos lenitivos
Ação conjunta, facção policial...
Menores & maiores parados, sem regras...
Horas para lamentar dias & noites
Faíscas lazarentas sem estímulos
Outras guerras entupindo as veias
Música barata, letras medíocres...
Favelas, remix, refazendo, crises...
O terror que ronda sem compaixão
Trocando as bolas & outros filmes
Ficção agindo também na contramão
Lápides abandonadas, tiros perdidos...
O ronco do estômago batendo mais forte
Tantos gritos vindos da periferia
Tantas vozes que se calam na escuridão
Não lamente por Getúlio,
Esse já se matou, faz tempo...
O inimigo não tão oculto está batendo...
Janelas & portas cerradas, medo...
Aos poucos, eles se enturmam...
É ai que cresce a correia...

Essa voz não se cansa, nem esmorece!
Quem tem medo, não navega pelo vasto mar!

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 17/02/2006
Código do texto: T112863
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120254 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:54)
Peixão