Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PRECE

Horas medrosas, horas pusilânimes!
Tristes vestais das minhas noites claras;
Brisas dos sonhos, minhas aves raras;
Ternas amigas, plácidas, equânimes...

Horas teimosas, horas pusilânimes.
Cantando vais, galhardas, zombeteiras,
Os meus pesares, dores, choradeiras;
Harmoniosas, céleres, unânimes.

Horas brumosas, horas pusilânimes...
Quero viver plangendo rimas, versos,
Até que vós, espíritos dispersos,
Caleis as liras pálidas, exânimes...

Valdez de Oliveira Cavalcanti
Enviado por Valdez de Oliveira Cavalcanti em 17/11/2004
Código do texto: T113

Áudio
PAI - Richard Priminta
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdez de Oliveira Cavalcanti
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 73 anos
22 textos (6704 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:41)