Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESILUSÃO

Eu colhi uma rosa em meu jardim!...
E, à noite, estreitei-a no meu peito...
Seu espinho feriu meu coração!...

Quando o dia chegou,
a flor murchou...
e a dor ficou!...

Muita rosas terás, lindo jardim!...

Mas, para mim, adeus! Passou a hora
de colher e estreitar as tuas flores!...

Já não tenho, comigo, a minha rosa...
mas tenho a dor do espinho, que ficou!...
Julio Sayão
Enviado por Julio Sayão em 17/02/2006
Código do texto: T113116
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Sayão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 93 anos
65 textos (39436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 08:09)
Julio Sayão