Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dialética amorosa

Dialética amorosa

A dor que fica silente
Presente no coração
É como uma corrente
Prendendo toda emoção
E o tempo, sábio senhor
Governa só com razão
Mas quando o assunto é amor
Entra em cena a paixão

E tudo então se confunde
Nada mais faz sentido
A vida logo assume
Sem fazer grande alarido
Retoca a alma alquebrada
Liberta toda emoção
Enche a mente de idéias
E de amor, o coração.

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 14/04/2005
Código do texto: T11329
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215197 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:12)
Priscila de Loureiro Coelho