Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

sem fim

nem tudo esta acabado
embora tenha me matado
esse amor tao violento
nao encontro nenhum alento

nessa vida tao estranha
sinto-te na minha entranha
seu ser tao diferente
que nao sai da minha mente

acabou-se a ilusao
que destruiu meu coraçao
hoje sou tao dependente
desse sonho tao demente
bagu xatunda
Enviado por bagu xatunda em 18/02/2006
Código do texto: T113293
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
bagu xatunda
França, 103 anos
9 textos (606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:37)
bagu xatunda