Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MODERNISMOS IMPERFEITOS

não me venha de lá você,
com essa frivolidade tão natural,
a dizer-me que trair é moderno,
normal, é só um lapso da fidelidade.
Olhar para um outro e dizer: — Tesão!,
ou para uma outra então exclamar: — Gostosa!

Coisa mais fora de moda,
achar tão comum, tão normal,
ter perversões reais, até se excitar
com a imaginação do repente,
só por causa de alguns músculos bem delineados
ou por causa de uma bunda mal comportada.
Aí, tudo é  só questão de tara!

Alguma coisa, sei,
deve andar errada com o mundo
ou então, os homens já vieram com defeito:
graças a Deus, viemos incompletos e imperfeitos!

Será que adianta consertar algo que não tem mais jeito?

Alguma coisa anda errada em você:
no seu companheiro ou na sua companheira.

Nada contra fantasias, sonhos com astros de cinema ou de novela,
contra a ereção involuntária, nem contra o arrepio na hora incerta;
mas se você está se sentindo por inteiro,
com uma companheira ou com um companheiro,
em absoluto estado de graça,
[abençoado mesmo]
por esse amor que não cabe mais na cama,
que sai às ruas para gritar com a força das camisetas:
para que adulterá-lo?

Por mais que pareça muito
[sei]
qualquer amor é muito pouco!

E por mais pouco que pareça,
torna-se muito simplória qualquer justificativa
[novos argumentos]
de tesão para quem quer come-la como uma puta,
de gostosa para quem quer come-lo como um garanhão.

Será que toda a ternura do amor está ausente?

Chega de fiar mais conversa,
de trair só por trair,
e encare, amigo ou amiga, com absoluta sobriedade
sua incapacidade total de amar em cumplicidade.

Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 18/02/2006
Código do texto: T113451
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:06)
Djalma Filho