Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONHO INÚTIL

Em doce sonho, eu tomo tuas mãos,
apertando-as bem, sobre meu peito !...

Em sonho, amada, eu tento encher meus braços
Com a beleza bendita do teu corpo...
E tento aniquilar, sob meus beijos,
A doçura de mel dos teus sorrisos...
E beber, com secura, avidamente,
A luminosidade em teu olhar !...

Mas... oh, loucura !...

Quem poderá, jamais, mesmo querendo,
violar este azul do céu profundo ?...
 
Abraçar a Beleza ?... -- Ela me escapa !...
Apenas a Matéria em minhas mãos !...

Que corpo poderá tocar a flor
Que só com a alma pode-se alcançar!...
Julio Sayão
Enviado por Julio Sayão em 18/02/2006
Código do texto: T113493
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Julio Sayão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 93 anos
65 textos (39432 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:20)
Julio Sayão