Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUATRO NAIPES E POESIA




EU- COPAS

Sou um misto de alegria e tristeza
Sou amante da beleza
Inserida em versos
Buscando resposta em outros universos

Sou um pouco chama
Que encandece e se inflama
Sou um pouco ar
Que deixa a chama queimar
Sou muita emoção
Quase tão pouca razão

Sou poetisa de poetar solto
Sem muitos artifícios envoltos
Nas palavras que escrevo
Nos sentimentos que transcrevo


MINHA METADE –PAUS

Minha metade é alma pura
Recheada de extrema candura
Tem uma beleza interna sutil
Tem por mim um amor febril

Com ela divido a vida
Mas minha metade não compreende
O que a ti me prende
Eu também não sei explicar
Nem eu consigo entender
Assim continuamos a viver
Num terno e afável querer


TU- OUROS

Eis o mistério profundo
Creio eu, não ser deste mundo
A tua interação
Tu és uma alma discreta
Repleta duma emoção secreta
Tu és um escultor de letras
Tocador das velhas retretas
Anunciante de tempos idos
E há muito esquecidos

Tu és um anjo alado
Que jamais terei a meu lado
Pois o lugar já está ocupado
Não devendo ser profanado
De ti, quero apenas a poesia
Tão palpitante e intensa
Que cheia de emoção se condensa
E se transmuta em ti



TUA METADE-ESPADA

Tua metade eu desconheço
Mal sei seu endereço
Mas ela também não compreende
Que o verso não repreende
Os sentimentos que unem poetas
Não! Não somos profetas

Somos apenas almas semelhantes
Que acham muito importantes
A comunhão dos pensares
Que para as metades são azares

A REGRA DO JOGO

As metades não carecem ter temores
Pois a poesia vai além dos amores
É muito mais que atitude carnal
Exprime união espiritual

Só quem entende o que passa
Este estado de terna graça
É poeta ou artista
As metades têm que perder de vista
E entender a situação
Não se priva a inspiração do poeta
Senão é morte na certa

A poesia é um jogo marcado
Que para ser jogado
Exige uma regra, sem exceção
Haver amor no coração!

Denise

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 03/01/2005
Código do texto: T1136

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (915575 leituras)
16 áudios (8876 audições)
311 e-livros (34050 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/09/16 10:41)
Denise Severgnini