Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Embriaguês (*)

A areia serve-se do mar

Sem paz

Sem enxugar-se em guardanapo.

O mar não guarda quase nada

Galeões

E trapos de passado

Capitães-gancho fracassados

Ratos nos porões

Donzelas fracas.

Ordens rotas

Rotas pra desilusões

Portos sem registro em mapas

Riscos físicos, febre malsã

Bem longe o berço que se ama

Longe Amsterdã.


(*) Publicado originalmente em O Velho Testamento, ed. do autor, 1988.
Nelson Oliveira
Enviado por Nelson Oliveira em 19/02/2006
Reeditado em 19/02/2006
Código do texto: T113743
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nelson Oliveira
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
345 textos (25591 leituras)
2 áudios (313 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:16)
Nelson Oliveira