Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Morte no Passeio

Adormecida em bruma
Fez-se esquecer o dia.
A face, embranquecia e gelava.
E os olhos turvavam
junto a lua ofuscada.

Não passavam das tantas.
E nem tantos eram os passos.
O Passeio ainda recebia visitas
E as vistas, gracejos flertavam.

O corpo dormente não era tão visado
encontrava-se próximo a C.E.U
entre um portão, uma árvore e a pista
notado foi o chão de petit-pavet
que envermelhado sinalizava o local

O flagelo açoitou a facas
numa ação ligeira e sem falhas
demonstrando um apuro
no manuseio da arma branca

Tomando alguns trocos, cigarros
e outros pertences da vítima,
saiu em disparada cortando as praças

Deixando o corpo para posar
em primeira página,
com foto e título: Morte no Passeio.

GN 19/02/06


*C.E.U: Casa do Estudante Universitário.
Gustavo Naufal
Enviado por Gustavo Naufal em 19/02/2006
Reeditado em 11/10/2007
Código do texto: T113775

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Gustavo Naufal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Naufal
Curitiba - Paraná - Brasil, 36 anos
71 textos (2030 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:25)
Gustavo Naufal