Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLORES DA PRIMAVERA

Sei cantigas misteriosas
São cantigas de endoidecer
Que os lírios dizem ás rosas
Que as rosas me vêm dizer

Ao renascer da natureza
Os pássaros estão cantando,
E as flores desabrochando,
A primavera traz beleza.
Incitando os namorados
A carícias bem gostosas,
Para casais apaixonados
Sei cantigas misteriosas.

Radioso sol da primavera
Os campos exalam o perfume
Corações ardendo como lume
Da grande paixão sem quimera
Eis um casal enamorado
Sentindo seus corpos a arder
Como num canto sublimado
São cantigas de endoidecer

Testemunha desse seu amor
A maravilhosa natureza
Comete ali uma proeza
Levando ao êxtase tal ardor.
Unem seus corpos com carinho.
São caricias indecorosas!
Este é o canto baixinho
Que os lírios dizem ás rosas.

Lírios, rosas não podem amar.
De inveja estão morrendo
Dos namorados qu'estão vendo
E têm vontade de chorar.
Não dêem lugar á tristeza,
Lírios continuem a viver!
É o cantar da natureza
Que as rosas me vêm dizer.

Nota: A primeira quadra faz parte da poesia tradicional do norte de Portugal.


 
Victor Alexandre
Enviado por Victor Alexandre em 19/02/2006
Código do texto: T113815
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Alexandre
Bélgica, 72 anos
274 textos (86469 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:19)
Victor Alexandre