Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DUETO - VERONICA DE NAZARETH//SELMA AMARAL

(Fragmento do poema)

QUALQUER HORA ... // DIA OU NOITE
Verônica de Nazareth // Selma Amaral

Quem sabe na aurora // Senão na alvorada, ao entardecer
de um dia nascente, // Soluços de um ser plangente
encontre águas claras, // Buscando mudar o curso fluente
mar sem fim. // Face corada da cor de carmim
Que lave lágrimas de outrora // Lágrimas pela face rolam sem fim
iniciando tempo novo num repente, // Lavando a alma doente
desperte para o correr das horas // Sem pressa. Toda hora é hora!
renovando tudo em mim... // Esperança... Renovação... Cheiro do jasmim!

...

Autora inicial: Veronica de Nazareth
Parceria: Selma Amaral
Selma Amaral
Enviado por Selma Amaral em 20/02/2006
Código do texto: T114103
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Selma Amaral
Arcoverde - Pernambuco - Brasil
275 textos (56049 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:42)
Selma Amaral