Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amadurecimento

Amadurecimento


Percorri meus sonhos
como quem caminha em estradas reais.
Lancei minha vida como folha morta
em loucos vendavais

Chorei por merecer chorar
e por ser poeta.
Sorri, por merecer sorrir
e por ser criança.

Aproveitei cada momento,
caí e levantei,
não chorei as dores das quedas
nem lamentei o sangue do corte,
mas ergui a cabeça
e cantei vitórias
toda vez que levantava
e recolhia os pedaços que sobravam.

Hoje, cansado de aventuras
e recompensado por estranha providência
aprendi algo da maravilhosa ciência de viver.

Maduro agora,
percorro meus caminhos
como quem sonha
e lanço minha vida como folha morta
que ao cair fertiliza o solo
e prepara a vinda de um novo ser.
Mauro Gouvêa
Enviado por Mauro Gouvêa em 20/02/2006
Código do texto: T114215

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mauro Gouvêa - www.recantodasletras.uol.com.br/autores/maurogouvea). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mauro Gouvêa
Alfenas - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
432 textos (56521 leituras)
3 áudios (837 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 05:58)
Mauro Gouvêa