Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DUETO - EDIMO GINOT // SELMA AMARAL

Ô Zé! Ô Zé! // Ô MARIA! Ô MARIA!
Edimo Ginot //Selma Amaral

(Framgmento)

Você conhece o Zé? // Você conhece a Maria?
Ah! com certeza conhece // Ela passa por você todo dia
É só andar na rua // Olhe para qualquer lado
que um Zé logo aparece. // E verá sua agonia

Tem muito Zé por aí. Zé de verdade! // Tem muita Maria vagando
Zé sem registro e sem identidade. // Maria sem dignidade
O Zé não faz parte da sociedade. // Maria nem origem tem
Tanto Zé sem oportunidade, sem vaidade, // Maria não é ninguém
perdido na cidade. O Zé que nem sabe sua idade. // Maria nem sabe quem é
Será que o Zé tem data de validade? // Maria terá na vida oportunidade?
E já venceu e não sabe?// Sabe que nunca venceu
O Zé não tem sobrenome // Maria na barriga, só fome
Aliás, o Zé não tem nem nome // Maria nem sobrenome
Porque Zé é só codinome... // Maria é toda e qualquer “tia”
Codinome de José. // Apelido de Maria
E ele não é José. O Zé é só o Zé. // Ela não é a Maria, só é porque um nome queria
Mas o Zé tem sua sorte // Maria, de fome, vive dando pinote
O Zé não tem medo de perder nada. // Maria nunca teve o que perder

...

Autor inicial: Edimo Ginot
Parceria: Selma Amaral


Selma Amaral
Enviado por Selma Amaral em 23/02/2006
Código do texto: T115264
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Selma Amaral
Arcoverde - Pernambuco - Brasil
275 textos (56049 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:07)
Selma Amaral