Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SELVAGEM

SELVAGEM
Lílian Maial



Cavalgo no horizonte,
caminhos de mar,
num galopar sob as patas do meu ser.

Sou guerreira,
amazona,
brasileira,
garanhão relichando amores,
égua plena de sabores.

Galope dos dias,
quero mais é alegria,
vitória da rebeldia!

Gargalhar aos quatro ventos,
deixar a brisa afagar
a crina que escorre o dorso.

Sou a xucra,
a deusa,
a devassa peregrina,
a anciã e a menina.

Na areia, as quatro patas,
no peito, a adrenalina.


*************


Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 23/02/2006
Código do texto: T115435

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248812 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:22)
Lílian Maial

Site do Escritor