Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALÁCIO DE CRISTAL !

no meu tempo de criança
eu não sabia de nada,
nem sequer imaginava
que as coisas
fossem assim,
eu era livre
e alegre,
hoje eu canto,
mas sou triste,
em cada canto existe
uma lembrança de mim!

eu batia forte
no meu bumbo,
no entanto,
apanhei
tanto da vida,
mas creia,
meu soldadinho de chumbo,
a guerra ainda não está perdida,
dizem, todos tem a sua estrela,
eu creio, também devo ter a minha,
por onde andará, onde estará,
quem sabe? a minha fada madrinha!?

neste mundo louco, atribulado,
guardando-se as devidas proporções,
eu sou o príncipe encantado,
cansado, enfrentando meus dragões,
não temam, a estória com certeza,
é praxe, deve ter um bom final,
e eu, hei de levar a princesa,
sã e salva, para o palácio de cristal!

é preciso esperança,
pra cantar coisas assim,
quem insiste é a criança
que ainda existe em mim!

antonio carlos de paula
  poeta e compositor
AC de Paula
Enviado por AC de Paula em 23/02/2006
Código do texto: T115448
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
AC de Paula
São Paulo - São Paulo - Brasil
1163 textos (114703 leituras)
226 áudios (20100 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:19)
AC de Paula