Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENQUANTO VOCÊ NÃO VEM...

ENQUANTO VOCÊ NÃO VEM...
Lilian Maial




Faço hora na cozinha,

Faço bolo, empadinha,

Encho as garrafas de água,

E o tacho cheio de mágoas.



Faço a cama na varanda,

E o relógio que não anda!

Balanço o olhar sob a lua.

Choro e a culpa é toda sua.



Faço versos no papel.

Ouço discos de Noel,

Danço tola à luz de velas,

Fico nua na janela.



Faço artes só na cama,

Lanço moda e faço drama,

Finjo que não é tão tarde,

Rola a lágrima de alarde.



Faço promessas pra santos,

Borro o traço com meu pranto.

Invejo casais na esquina,

Sinto que inda sou menina.



Tento assistir a um filme,

Penso em cometer um crime.

Lavo a cabeça de novo,

Começo a me achar estorvo.



Triste incerteza essa minha!

Até ela, a campainha,

Faz um som tão diferente,

Que meu coração pressente.



Tudo isso se apaga,

Se você chega e me afaga.

Tudo perde seu efeito,

Se me enterro no seu peito.



Ai que bom, você chegou!

E em meus braços mergulhou.

Que delícia de castigo,

Fazer tudo isso comigo!



************

Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 24/02/2006
Código do texto: T115641

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248690 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:00)
Lílian Maial

Site do Escritor