Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GRITOS NOTURNOS

Vero, vero,
Veracidade, nus,
Vero,
Velocidade da luz,
O vértice oposto.
Olhar em sombras,
Fato mero,
Verdade,
Eu quero ver.
Quão feroz haja,
Num marfim, dada costa.
Vero, vero,
Um algo mais
Ao luar seduz.
Gritos noturnos,
Verão partido,
Felicidade.
Por vero ver
Parcos soluços,
A tristeza reduz.
Verde idade.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 16/04/2005
Código do texto: T11570
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:51)
Peixão