Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem Título I

Desisti de mim
Já não me importam mais
as promessas que nascem
nas manhãs mornas do cerrado
nem a esperança ingênua
que enfeitiça os apaixonados
Guardei meus sonhos
E meus amores
(aqueles por quem não chorei)
na gaveta da cômoda da sala de estar
Desisti de continuar
De juntar meus cacos
E colar meus pedaços
Fechei meus olhos e adormeci
horas
dias
Desisti de mim nesta estação
mas não  para a vida toda!
A vida toda é  tempo demais
para se negar sonhos
e engavetar os amores
(meu coração ainda pulsa)
Acredito no tempo
Que tudo leva embora
e que tudo renova
Desisti de mim nesta tarde cinza
Desisti de mim
mas só por hoje.
Monica Ash
Enviado por Monica Ash em 24/02/2006
Reeditado em 04/02/2015
Código do texto: T115735
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Monica Ash
Passos - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
26 textos (2040 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 12:08)
Monica Ash