Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando a saudade...

Quando a saudade
Vem bater, uma tristeza sem par
Eu pego o bonde da alegria
E esse violão
Junto com o meu povo
Vou cantar, cantar
E alegrar meu coração
Não sei mais chorar
Os dias de tristeza
Pois a festa vai rolar
Em noites de alegria
Como em todos
Carnavais
Eu vou sair na sexta-feira
Para não ter mais que chorar
Quando voltar
Na quarta-feira
Junto com o bonde da alegria
E o violão
Para todas as pessoas
Aqui vai esta canção.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 16/04/2005
Código do texto: T11575
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120250 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:42)
Peixão