Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS PALAVRAS QUE GUARDAMOS

As palavras que guardamos
nos momentos de emoção
nem sempre guardam em si
o que vai no coração.
Guardamos junto com elas
o que não queremos que saia
voando pelas janelas
ou da barra de nossa saia.
As palavras que guardamos
guardam consigo segredos:
encaixotadas, deixamos
que enterrem nossos medos.
As palavras que guardamos
nem sempre ficam guardadas.
Ficam, sem que mesmo o saibamos,
em nosso silêncio faladas.
As palavras que guardamos
nestes silêncios, gritam.
As verdades que encerramos
e as dores que nos agitam.
Não sei porque insistimos
em guardar tantas palavras,
que, enquanto guardamos, mentimos,
os medos, as dores lavradas,
que em silêncio sentimos.


Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 17/04/2005
Código do texto: T11730

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154037 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:20)
Débora Denadai

Site do Escritor