Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ALENTO

     
      Andas por estradas sem fim
      Caminhando para o nada
      À procura de mim
      Que distante de ti, continuo enamorada

      Sei o quanto me amas
      Mas é um sonho inacessível
      E mesmo com toda essa tua chama
      Nosso amor é impossível...

      Sei que me dás todo o alento
      Que preciso nessa minha vida
      Mas mesmo assim, lamento,
      É inevitável a minha partida

      Continuarei caminhando e à tua procura
      Enfrentando esse meu sofrimento,
      Minha dor e minha amargura,
      Mesmo tendo todo teu alento...

     

      Sônia Maria Grillo
      (Baby®)


     
     
      14.04.2004
      Vitória-ES

Baby
Enviado por Baby em 01/03/2006
Reeditado em 10/08/2006
Código do texto: T117335
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Baby
Vitória - Espírito Santo - Brasil
587 textos (21956 leituras)
2 e-livros (177 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:15)
Baby