Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BEM SEI





Bem sei que o rio corre,
Que assim lhe dita a corrente,
E que a prata é informe,
Aonde o sol é displicente.

E sei também,
Que toda a dignidade morre,
Se a carne vem à frente,
Da carne que se socorre,
Da carne plácida e doente.

Ai, como é fácil escrever,
Pôr virtudes em verso,
O difícil é viver
Com o nosso reverso.

Bem sei... bem sei...

Bem sei, bem sei,
Querer é poder:
Eis aqui um livro,
Que a poucos traz saber.

Por ambição nos perdemos,
Por glórias violamos,
O que para guerras vivemos,
A nós nos justificamos.

Jorge Humberto
in Assim As Palavras Livres
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 03/03/2006
Código do texto: T118070
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66676 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:04)
Jorge Humberto