Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O azeite e o caroço

“Quem prova o sabor do azeite
aceite o caroço depois.”
(Reinaldo N. Luciano)
-----
“Quem prova o sabor do azeite
aceite, então, o caroço.”

-----

Quem quer viver na fartura
e se esbaldar no seu vício
entenda que todo início
é coisa linda, é ternura,
e depois vem a fatura,
a parte ruim, chumbo grosso,
uma carne de pescoço,
um bafafá... Mas aceite.
Quem prova o sabor do azeite
aceite, então, o caroço.

É coisa certa esse dito:
o que é bem bom dura pouco.
Acaba ficando louco
e sucumbe num conflito
exacerbado, esquisito
e sem sabor, pão sem leite
quem prova o sabor do azeite.
Aceite, então, o caroço.
A carne tem sempre um osso
a lhe servir como enfeite.

Quem só quer café com leite
e pensa em favos de mel
há de provar desse fel
bem antes que o sol se deite.
Quem prova o sabor do azeite
aceite, então, o caroço,
ou vai comer sempre insosso
o que com sal é melhor.
Ninguém come mocotó
se não quiser roer osso.

Se lá no fundo do poço
a água é doce, aproveite.
Quem prova o sabor do azeite
aceite, então, o caroço
e vá bem fundo. Esse esforço
é salutar, saiba disso.
É melhor ter compromisso
e no seu tempo cumprir
do que do mesmo fugir,
pois vai perder todo o viço.

Quem prova o sabor do azeite
aceite, então, o caroço
e não fique só no esboço.
Arrisque todo o deleite
e não se prenda ao enfeite.
O caroço é passageiro,
o seu destino é certeiro
e você logo se esquece.
Afinal, você merece
algo melhor, companheiro!
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 18/04/2005
Código do texto: T11874
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Paulo Camelo
Recife - Pernambuco - Brasil, 68 anos
909 textos (260147 leituras)
36 áudios (10732 audições)
6 e-livros (1672 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:06)
Paulo Camelo

Site do Escritor