Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DISTORCIDAS TELAS...


Noto no espelho minha face marcada pelo tempo...
Meu olhar é penetrante e cálido...
Em meus pensamentos...
Cores formam distorcidas telas...
Relembram esquecidos momentos...
Lembranças às vezes salgadas...
Como o mar bravio...
Outras plácidas...
Como o mar sereno...
Ao longe meus olhos notam o enfurnar de velas...
A melancolia aumenta...
A saudade cresce...
Minhas mãos já não sentem o timão...
Já não sinto o marulhar das ondas...
O sorriso já não se faz presente em meus lábios...
Como uma criança choro...
Algo falta ao meu coração...
(Ocram 04/04/05)
Ocram Ilha
Enviado por Ocram Ilha em 18/04/2005
Código do texto: T11926

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ocram Ilha
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
658 textos (325880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:12)