Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

29.03.85

Onde havia uma folha quase seca,
Hoje aflora um nova árvore.
Seus caules são por demais delicados,
Tão delgados quanto um recém-nascido.
Mas a cada dia, a cada minuto
Se fortalecem.
É esse Sol maravilhoso
Que lhe bate a cara todos os dias,
E lhe traz no seu calor,
O fortalecimento de suas raízes,
Até formar-se em frondosa espécie.
De seu meio
Porém, há que se ressaltar,
Essa sua luta.
Uma luta quase solitária,
Onde tantas, nas mais diferentes formas,
Se empenham
A conquistar um lugar
Não importando sobre qual escrúpulo.
E essa nova árvore,
Simples até, primariana,
Depois de muito esperar
Vê suas raízes se aprofundarem
No doce colo, dessa nossa natureza.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 19/04/2005
Código do texto: T11940
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120254 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 08:57)
Peixão