Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BAMBU AO VENTO



BAMBU AO VENTO…






O bambu se verga ao vento
não por fragilidade,
nem por debilidade,
mas por táctica…
para não se quebrar
e assim se aguentar…

Finge curvar-se sem alento
para melhor resistir.
Já que não pode fugir,
exerce essa prática…
Não gasta a sua força
e só nisso se esforça…

Sinto-me um pouco essa planta,
cujo exemplo tanto me encanta!

Reservo minha força e resistência,
protejo minha alma e inteligência…

Bambu sólido se curvando ao vento
sem um som, nem ai, nem lamento…

Sou eu esse bambu… Tudo enfrento
e engulo soluços como quem canta!...







HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 06/03/2006
Código do texto: T119581
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11666 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 07:54)
HELENA BANDEIRA