Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MONUMENTO

Não vou te registar em meu inventário,
ainda que você seja uma obra-de-arte.
Não é bem imóvel pois você se move (e como se move).
Não vou colar placa de patrimônio,
nem tatuar um código de barras em tua pele.
Afinal você não é material permanente
e muito menos material de consumo.
Se tivesse que te descrever,
diria simplesmente que você é meu amor,
e na hora de dar um valor,
deixaria o campo em branco
pois você não pode ser medida em números.
A localização? A meu lado, na minha cama.
O estado do bem? Bom, muito bom, uma delícia.
E não pretenda pedir baixa por ociosa ou irrecuperável.
Não largo do teu pé, não assino nenhum termo,
não permuto, não dôo, não transfiro e muito menos inutilizo.
Acho mais fácil te tombar como monumento protegido,
E pode deixar que eu assino o termo de responsabilidade.


lineu de paula
Enviado por lineu de paula em 19/04/2005
Código do texto: T11972
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lineu de paula
Estados Unidos, 62 anos
148 textos (11497 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 06:49)
lineu de paula