Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0242 - Ah! Se eu chegasse agora...



Se eu chegasse de repente...
quem sabe...
poderíamos falar de tudo ou sonhar?

Deixaríamos as bocas se tocarem,
um carinho...
quem sabe seu abraço ou o meu?

Poderíamos dizer coisas que nos faltam,
tentar olhar mais nos olhos,
não só fazer amor, mas também...

Ah! Se eu chegasse agora...
não saberia como reagir,
ia apenas sorrir ou pular no colo.

Certo que não vamos mais sonhar,
já é hora de irmos além de tudo,
dos abraços à paixão, depois...

Ah! Se eu chegasse agora...
Não pediria nada, tomaria você,
outro beijo, não sei, talvez fazer amor...

22/04/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 19/04/2005
Código do texto: T12003
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116248 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:02)
Caio Lucas