Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu sou um estranho...

Eu sou um estranho
Que entra furtivamente
Na vida de certas pessoas
Como um vírus qualquer,
Feito pele, feito pêlo
Que se aloja dentro
De um coração,
De uma cabeça.
Não que eu queira,
Ou até sim.
Mas entro.
Consigo até e às vezes
Guardar o cheiro do...,
Do momento.
Eu sou um estranho
Que até gosta
De entrar
Mesmo que furtivamente
Na vida de certas
Pessoas.
Só que
Eu amo cada momento desse.
Eu vivo intenssamente
Cada situação dessa,
E não consigo
Por mais que me
Esforce,
Fugir a esta
Estranha
Sina.
Eu entro.

E por que não entrar?

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 19/04/2005
Código do texto: T12016
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:56)
Peixão