Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Borboletas Azuis

Agora que encontrei a chave
perdi a porta.
Deve ser por isto que a chuva,
com um aceno de adeus
foi lá, chover em outras terras...

Faço o que com esta chave?
Ensaco. Atravesso avenidas
e lá, onde existem tantas certezas,
desensaco e lustro. Nova.
Sem nenhuma utilidade, mas nova.
Vai para o pregão...

E ao retornar, encontro a porta
Outra coisa inútil...

Já não sei mais porque queria tanto abri-la
se do outro lado já não há mais nada...

Não há não? Ótimo, a porta virará parede
com uma linda prateleira espelhada
e enfeitada de borboletas azuis...

Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 08/03/2006
Código do texto: T120194

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dôra Leal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
501 textos (25404 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:35)
Dora Leal