Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

N

Consciência de Lua
No agir de mundo espalma
Lance de gol
Vida na lança
Jogada no espaço
Metamorfose
Sem som do ar
De uma luz escura
Brisa de prosa
Não se assemelha
Ao seu ventre mátrio
É sem pátria
Pouca prática
Em uma lucidez de nós sem ser cego
De uma beirada de copo
No bar, na esquina, na Lua.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 19/04/2005
Código do texto: T12029
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:06)
Peixão