Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARALELAS

No fio das paralelas do destino
caminhei,
e na frugalidade matinal,
sem siso ou tino,
afoitamente fui  atirado nesse debate,
e no calor do meio dia,
entre acordes e desacordes,
observando a realidade fria,
entre cantos e desencantos,
li o contexto desse embate,
porém já era mais um  pelejando nesse combate;
Assim seguindo o ritmo, seguindo a reta,
caminhando no meio fio das paralelas,
sentindo o bate, rebate,
na doce tarde me refiz,
descansando, repousando  nos braços delas,
quando busquei  sentido, procurei ouvido,
todavia já  era noite,  ninguém me quis.

ANDRADE JORGE
DIREITOS AUTORAIS REGISTRADOS
30/01/06
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 08/03/2006
Reeditado em 11/08/2009
Código do texto: T120371

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1027 textos (89991 leituras)
26 áudios (1819 audições)
2 e-livros (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:10)
ANDRADE JORGE