Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem medidas

Aquela noite te senti presente...
mesmo em silêncio o coração tremeu;
na poesia se mantem ausente...
mas aqui dentro...o amor nunca morreu.

Sorrateiro...pensas que me engana! (risos)
Ah! Se soubesses como te sinto;
gritaria com a força que emana
o amor que até para mim eu minto.

Minha alma para longe viaja...
A tua...bem perto de mim se encontra;
um sentimento que me encoraja...
não tem medo...é forte...me afronta.

Já relutei...até deixei-me sentir
que nunca por ti sequer fui amada;
mesmo assim, não consigo omitir
que te amo...e te amarei...calada.

Podes pensar...tudo o que quiseres,
sinto a tua presença escondida...
e faças tudo...e mais o que fizeres
eu te espero...viva e deferida.

Esse amor...não é mera ilusão...
ele mantem-se aceso e forte;
meu amor é a pureza da emoção
que nasceu por ti e viverá até a morte.

Anna Müller
Anna Müller
Enviado por Anna Müller em 08/03/2006
Código do texto: T120460
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Müller
Boa Vista - Roraima - Brasil, 52 anos
89 textos (4244 leituras)
11 áudios (4397 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:19)
Anna Müller