Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eros e Psiquê (fragmento)

A morcegar, a moça pensa, fada:
“O amor é cego, zote quem quer ver.”
A língua lambe, lúbrica, em lazer
Sem fé, lação que muda amor em nada.

O moço, órgio, diz, sussurra: “Sei-o,
O júbilo é só isso.” E diz: “Vá, Gina!”
“Eu acabei, jogral, mas não termina
A noite, o coito afoito neste enleio.”

“Não penes”, admoesta Gina a André,
“Para sorvemos o copo lascivo.
Que o regozijo cumpras. Herdas, vivo,
Original pecado. Fá-lo em pé.”

..................................................
..................................................
..................................................
..................................................
Thiago Leite
Enviado por Thiago Leite em 19/04/2005
Reeditado em 19/04/2005
Código do texto: T12061
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Thiago Leite
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 35 anos
35 textos (1308 leituras)
1 e-livros (11 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:58)
Thiago Leite