Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIBÉLULAS RUBRAS - 10ª Tríade

SINARA
Sinara à porta,
braços cruzados, apoiada numa perna só;
de repente entra a casa,
vozes no caminho.
Ah, Sinara - linda e acanhada -
mulher que não existe mais!

HIPÓTESE
Quando Cabral descobriu
o Brasil ninguém acreditou,
nem mesmo eu;
se aquela esquadra não houvesse chegado
eu seria um velho Mundurucu
e tu, certamente, uma encarquilhada Kaiapó.

LEMBRANÇAS
Minha mãe me batia
com o cinto largo de meu pai.
Lembro isso
não que eu quisesse apanhar novamente;
mas, saudades daqueles olhos azuis,
dois pequenos e inigualáveis céus.


 
Enzo Carlo Barrocco
Enviado por Enzo Carlo Barrocco em 09/03/2006
Reeditado em 13/05/2015
Código do texto: T120835
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enzo Carlo Barrocco
Belém - Pará - Brasil, 56 anos
733 textos (134404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:58)
Enzo Carlo Barrocco