Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada mais




A inveja é energia sombria
Que a alma fere e esfria
É fisgada que provoca sempre dor
Sendo antagônica ao próprio amor

A inveja é implosão
Que pulveriza o impulso criativo
É sombra que provoca escuridão
E tem a raiva como princípio imperativo

A inveja tem cor escura
Sabor amargo de fel
Tem o germe da loucura
Envolto em névoas, como véu

Assim, a inveja é traição
Pois nada mais pode ser...
Destrói qualquer emoção
Extermina a alegria de viver...





(parte do dueto com Wilma Lúcia: A inveja gera ódio)
Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 09/03/2006
Código do texto: T121014
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215194 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:20)
Priscila de Loureiro Coelho