Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entre isto e aquilo



 

Tenho o meu coração cheio de amor
Para quem com ele queira ficar
É como um vaso à janela de flor
Autentica a namorar

Não tenho casa nem tecto
Sou um vagabundo deste sol
Sempre fui muito correcto
Sou uma flor de girassol

Sou como criança brincando de bola
Nos jardins desta cidade
Não tenho pássaros nem gaiola
Ninguém sabe a minha idade

Sou só aquele que não cresceu
Sem humano fato que o vestisse
Sou um discípulo que prometeu
Ao mestre que  partisse.

Tenho tanto para dar que chega a doer
Não sou disto nem daquilo
Apenas o que se quer ver
Entre isto e aquilo


Jorge Humberto
10/03/06
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 10/03/2006
Código do texto: T121375
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66671 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:07)
Jorge Humberto