Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Anjo Se Foi

(Para Roberta Carneiro)

Certo dia encontrei um Anjo
Que vagava sem rumo nem direção.
Cabeça baixa... Aréola sem brilho
E as Asas a arrastarem no chão.

Quando dele me aproximei,
Percebi que haviam feridas...
Pois alem da aréola torta
Também tinha as asas partidas.

Consegui desempenar a aréola
E dei-lhe um novo polimento.
Mas, as asas que estavam quebradas
Não puderam receber o mesmo tratamento.

Comecei, então, um trabalho
Mais que de fisioterapia.
Pois, além do problema físico
Precisava, também,  retomar a alegria

Não sabia bem ao certo
Como curar aquele paciente,
Pois o silencio imperava
E domava sua mente

Envolvi-lhe com meu carinho
Dei-lhe atenção e calor.
E o melhor de todos os remédios...
Dei-lhe segurança e amor.

Confesso que me apeguei a ele.
Ate não queria deixá-lo ir!
Mas também esperava ansioso
Para, finalmente, vê-lo sorrir.

E no fundo eu sabia
Que para ter tal prazer
Ele teria que, primeiro,
Sentir, suas asas a bater

Depois das asas curadas
E quando já podia voar
Percebi que a alegria
Já estava em seu olhar.

Consciente do meu dever cumprido.
Deixe-o, finalmente, em liberdade.
Sabia que voaria sem destino
E esperei que voltasse por saudade.

O vi, então, sumir no horizonte
Dando novo brilho a paisagem...
Fiquei ali por algum tempo
Para gravar bem aquela imagem.

Como a esperança é a ultima que morre
Todos os dias eu retornava a janela.
Queria ver a imagem dele retornando...
Pois sabia que seria a mais bela.

Mas o tempo foi passando
E meu anjo não voltou...
E a chama que por mim foi acesa,
Com o tempo se apagou.

Hoje, ele voa curado
Por este mundo sem fim.
Mas, ao menos terei a certeza
De que jamais se esquecerá de mim.

Às vezes tenho noticias de meu anjo...
Meu lindo paciente alado...
Sinto por não estão comigo,
Mas o que importa  é que  esta curado.

A Primeira parte desta Poesia esta em:
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/12156
Apenas um Poeta
Enviado por Apenas um Poeta em 20/04/2005
Reeditado em 18/05/2006
Código do texto: T12155

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Apenas um Poeta
Angola, 43 anos
139 textos (17315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:50)
Apenas um Poeta