Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MONTANHA

Nota do Autor: Este poema é dedicado a Lisa


Para viver preciso só dum grande amor, mesmo que indeciso jamais me deixará parar diante dum obstáculo. Na solidão de quem ama sempre vou estar e à luz talvez pedirei uma gota de clemência para que me traga o mundo mais desejado.

Anoitecerei e amanhecerei olhando os lírios do campo, entre flores vivas e naturais, como fazem os pirilampos. No mais alto pico subirei, verei no fundo dos lagos azuis peixes entre algas e ramos, colherei toda paz do mundo  feito um sonâmbulo viajante

Lá no alto tudo é verdejante, tem o amor que sonhei antes, não haverá trevas, somente o sol mutante, tem Maria e Terezinha duas santas rainhas. Deliciarei da brisa leve, resistirei tempestades e vendavais e poderei meditar sobre os conselhos de meus pais.

Se a saudade bater forte mando chamar a Lisa que a meu lado também se transformará em brisa, me afagará mansamente como fazia a Elisa, com suas mãos caridosas, será ainda mais gostosa, que discorrendo em verso e prosa me fará ainda mais feliz.

Sonhar não custa nada como dizia o poeta, por isto posso sonhar e até um dia ser profeta dos deuses esquecidos e do amor no mundo perdido, só não devo ficar triste por nada nesta vida, sou amado e sei amar a minha doce querida.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 11/03/2006
Reeditado em 13/03/2006
Código do texto: T121553
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79551 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:25)
R J Cardoso