Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FELICIDADE

Era de madrugada quando ela chegou, ávida de amor como nunca se viu, encostou-se no meu peito e com afeto deu um jeito de flertar meu coração.

Ressabiado senti-me trêmulo, olhei para baixo e admirei-a sobre a ótica do Criador, meu coração vibrou ordenando-me a dar-lhe um beijo e um afago só de amor, amor só para amar.

Com delicadeza deslizei a mão sobre seu corpo, com emoção pus-me a sonhar, sonho só de amor, amor para amar à fraternidade, amor para sonhar com a bondade, amor só para amar.

Logo veio o olhar estático da aurora ao encontro da fatalidade, mas eu continuei abraçando-a como se fosse de verdade, verdade para sonhar com amor, amor só para amar.

Distante as montanhas onduladas fizeram-me pensar no mundo que sofria, nas guerras que no planeta civilizado os homens faziam  e continuei a sonhar com o amor, amor só para amar.

Cresci, fiquei bobo e casei, agora sei que tudo é natural na vida da gente, tudo vale a pena quando se é crente no que se pensa, mas o que vale mesmo é sonhar com o amor, amor só para amar.

 

 
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 12/03/2006
Reeditado em 12/03/2006
Código do texto: T122301
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79548 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:12)
R J Cardoso